quinta-feira, 29 de junho de 2017

NO AMOR




_No amor me sacrífico
sem ele não me importo
me disperso no vento
e num vento me sopro

No amor me dedico
sem ele não faço
me distancio de um favor
e num cansaço me naufrágio

No amor me doou
sem ele não empresto
me fecho por dinheiro
e num empresto me nego

No amor me honro
sem ele não me envergonho
me deixo por vaidade
e num convite me desonro  

No amor me faço
sem ele não trabalho
me permito à não evoluir
e num descuido me disfarço

No amor me cresço
sem ele não mudo
me deixo ser quem sou
e num último suspiro me consumo!


(Autora: Adriana Andrade)