quinta-feira, 18 de agosto de 2016

O SALVADOR


Nas manchas de sua veste
Encontrei a salvação 
Nas dores que sentiste 
Deparei-me com o perdão. 

As ofensas e escárnios 
Não puderam o conter 
Expirando calmante 
Libertou todo seu ser. 

Em novo corpo e nova graça 
Renovou a aliança 
Trazendo para o mundo 
Paz e esperança. 

Visitou o passado 
Libertou os cativos 
Vencendo a morte 
Venceu também o inimigo. 

Para os que vinham e não sabia 
Uma nova chance mostrou 
Para aqueles que te negaram 
Só o desespero restou.

Autora: Priscila Afonso