sexta-feira, 19 de agosto de 2016


NO MUNDO


Os sonhos são para me iludir
As serenatas para encantar
As balas diminui o tempo
Sobre a distância do caminhar

A música para distrair
A buzina existe com o dever de acordar
O dinheiro faz refletir
Sobre a necessidade de ter que comprar

Então nasce os dias
Esses para nos obrigar a trabalhar
A noite é a trégua
Do cansaço de tanto reclamar

A fome faz pedir
A satisfação agradecer
Agora pense se não fosse pela existência de Deus
Como no mundo conseguiríamos sobreviver


Autora:Adriana Andrade