sexta-feira, 29 de julho de 2016

VERDADE DOLORIDA



ME FRAGMENTO EM PEDAÇOS
TODA A VEZ QUE VEJO VOCÊ
ME SINTO FRACA E DESORIENTADA
QUASE VINDO A DESVANECER.

MEU CORAÇÃO SE APERTA
OS SOLUÇOS NÃO SAEM
CHEGO ATÉ PENSAR
QUE NÃO VOU SER CAPAZ.

FICAR DE PÉ, SE TORNA DIFÍCIL
MEUS JOELHOS SE DOBRAM EM ADMIRAÇÃO 
NÃO SEI SE É APENAS FANTASIA 
OU PURA FÉ E REVELAÇÃO.

MAS QUANDO TU SE AFASTA É QUE MORRO
SUA PRESENÇA É ESSENCIAL
SEM TI NÃO SOU NADA MAIS:
" DO QUE UM SER DE EXISTÊNCIA BANAL."

Autora: Priscila Afonso