quarta-feira, 21 de junho de 2017

POESIA - TELA DE ARCO-ÍRIS

POESIA TELA DE ARCO-ÍRIS


Príncipe de cavalo branco
Meu fiel escudeiro.
Quando caia a noite,
Era este meu devaneio.

Tela de arco-íris,
Pintada com muitos poréns.
Será você o meu príncipe?
Ou será um outo alguém?

Não é que não te amasse,
Só não era o que imaginava.
Mas com o tempo percebi,
Que você ia muito além do que precisava. 

Autora: Priscila Afonso